PESQUISA REVELA O PERFIL DOS JOVENS EMPREENDEDORES NO PAÍS.

Com apoio da Sicredi, Conaje e Lean Survey analisaram respostas de mais de 5.000 jovens empreendedores de
diferentes perfis; resultados serão conhecidos no próximo dia 17/07.

Os tempos mudaram e, com isso, o comportamento do jovem que entra em fase adulta. Como alternativa na busca de oportunidades de trabalho e retorno financeiro, notou-se que muitos jovens optam pelo caminho de empreender e trabalhar com algo que gostam e acreditam. Este jovens, ao sair das universidades se deparam com a dificuldade de entrada no mercado de trabalho e leva consigo, ao mesmo tempo, o sonho do seu lugar ao sol no âmbito profissional. Por isso, talvez, hoje um dos maiores desejos de muitos pessoas, entre 18 e 39 anos, seja ter seu próprio negócio.
Atentos à essa tendência e com a missão de representar, integrar e inspirar os jovens empresários e suas organizações, com o intuito de fortalecer o ambiente empreendedor brasileiro, a CONAJE em parceria com o Sicredi, irá lançar a 3a edição da Pesquisa Perfil do Jovem Empreendedor Brasileiro.
O lançamento da edição 2018 do Perfil do Jovem Empreendedor Brasileiro será no dia 17/07, durante evento exclusivo em São Paulo.
Jaime Basso, presidente do Sicredi, comentou que a pesquisa mostra sua importância por conseguir analisar diferentes perfis e regiões do Brasil. Além de abranger os aspectos do ambiente empreendedor e político-econômico do país e seus efeitos nas empresas. “Esse estudo encabeçado pelo Conaje funciona como um termômetro para a constatação da realidade vivida pelo jovem empreendedor. E nós do Sicredi, com base nas informações geradas pela pesquisa, firmamos também uma parceria para ir além e oferecer soluções financeiras para estes jovens empreendedores, que apoiam o desenvolvimento do país e das regiões onde atuam alavancando a economia e gerando mais empregos. Isso está totalmente alinhado ao nosso modelo de fazer negócios, ao propósito de marca e ao Cooperativismo”.
Para o Presidente do Conaje, Guilherme Gonçalves a pesquisa e a parceria com outras organizações é fundamental para apoiar estes empreendedores. “A pesquisa do perfil do jovem empreendedor brasileiro é um termômetro que nos mostra caminhos e aponta soluções para ações e projetos que a Conaje precisa se dedicar para impactar ainda mais o desenvolvimento do empreendedorismo no Brasil. O nossos associados e potenciais associados estão refletidos nos dados da pesquisa e, portanto, trata-se de instrumento de imensa relevância pra nossa organização. Agora temos que, com apoio de parceiros e organizações que acreditam no jovem empreendedor, usar esses dados para continuar transformando o cenário do empreendedor jovem no Brasil.”

A Pesquisa

A pesquisa Perfil do Jovem Empreendedor Brasileiro é um estudo da Conaje que apresenta o raio X deste segmento no Brasil a cada dois anos, considerando seu perfil socioeconômico: idade, gênero, renda, escolaridade e, também, o perfil de suas empresas em relação à segmento, porte, faturamento, número de funcionários, investimento e maturação. Além disso, abrange os aspectos do ambiente empreendedor e político-econômico do país e seus efeitos nas empresas dos jovens, que também apontam seus principais desafios quanto à gestão e o cenário econômico. Em 2015, 5.060 jovens dos 27 estados brasileiros responderam às perguntas através de uma plataforma web e o estudo mostrou que, à época, o perfil do jovem empreendedor compreendia em sua maioria homens entre 26 e 30 anos, ensino superior completo, microempresário, com apenas uma empresa no nome e faturamento anual de R$ 60 mil a R$ 360 mil.

Conaje
Com atuação e representação em 26 estados brasileiros, a Conaje é uma entidade sem fins lucrativos que atua desde o ano 2000 no fomento ao empreendedorismo, fortalecimento, criação e manutenção de novas empresas – principalmente geridas por jovens -, na articulação e divulgação de práticas capazes de fortalecer a disseminação de novos e sólidos negócios no Brasil. Por meio de parcerias, trabalha também para o estabelecimento de políticas públicas e práticas institucionais que incluam os micros e pequenos empreendedores nas primeiras categorias de estratégias de desenvolvimento do País.
Com foco ainda no jovem empreendedor, a Confederação realiza projetos, eventos e ações para desenvolver empreendedores e jovens líderes por meio de capacitação técnica e experiências diferenciadas, e facilitar a troca de informações e gerar conexões com o objetivo de promover oportunidades de negócios.

Sicredi
O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos 3,7 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com 1.500 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br.

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.