Nova diretoria da Conaje para a gestão 2017/2018

Diretor Jurídico da Confederação na gestão 2015/2017, Guilherme Gonçalves agora exerce o cargo de presidente no período 2017/2018, tendo a jovem empresária Ananda Carvalho (AM) como vice

A nova diretoria da Conaje para a gestão 2017/2018 foi empossada no dia 3 de maio, durante solenidade realizada na sede da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em Brasília (DF). Os jovens empresários Guilherme Gonçalves, de Santa Catarina, e Ananda Carvalho, do Amazonas, assumiram a presidência e vice-presidência da entidade, respectivamente. Eles sucedem os jovens Fernando Milagre, do Rio Grande do Sul, e Júlio César Vasconcelos, do Espírito Santo, que coordenaram a Conaje pelo período de 2015/2017. Também foram empossados os novos diretores da instituição (ver lista abaixo). Diversas autoridades nacionais, estaduais e municipais, assim como representantes de diversos estados brasileiros compareceram à cerimônia de posse.

O presidente Guilherme Gonçalves ressaltou, em seu discurso de posse, que a Conaje é uma entidade jovem, que vive em constante transformação, e que líderes são formados pela Confederação e logo seguem seus caminhos em outros cantos, sejam empresariais, no associativismo e até políticos. “Uma característica comum, porém, por aqueles que aqui passam é de melhorar o ambiente empreendedor no Brasil, melhorar o nosso país para a realização de negócios. Isso se dá conversando e dialogando com todos, sem exceções. Ninguém aqui quer liderar de maneira isolada ou através de ilhas. Por isso, a Conaje tem como missão e razão de existir a representação, a integração e a inspiração dos jovens empresários e suas organizações, com o intuito de fortalecer o ambiente empreendedor brasileiro e também desenvolver essas lideranças e contribuir para o crescimento do país”, afirmou.

Guilherme reforçou que descobrir a missão da entidade é o motivo real de todos participarem da Conaje. “É entender porque vale a pena deixarmos, mesmo que momentaneamente, nossa casa, família, cidade, trabalho, amigos, tudo para que a gente possa entender que o mundo não é simplesmente o quintal de casa e que sim, podemos fazer desse espaço um lugar melhor para se viver”, destaca. Ele enfatizou ainda que, por meio dos associados, a Conaje tem trabalhado e trabalhará levando mensagens de empreendedorismo pelo Brasil todo e também para além de nossas fronteiras. “Não temos dúvidas que através de empreendedorismo jovem encontraremos soluções. Esse é o caminho sem volta para o país. Apostar nos jovens para que eles possam, por meio do empreendedorismo, transformar o Brasil”, disse.

Presidente da Conaje, Guilherme Gonçalves

Guilherme citou a pesquisa da Conaje sobre o perfil do jovem empreendedor brasileiro, que revelou que 75% querem abrir um novo negócio e que mais de 50% deles já passaram pela barreira dos cinco anos de atividade. “Ou seja, venceram aquele número cruel de que até os primeiros cincos anos os negócios acabam fechando. O jovem acredita no Brasil e quer transformar esse país. Precisamos obviamente avançar. A realidade do jovem empresário é árdua. São horas e horas de trabalho, carga tributária bastante elevada e pouco retorno do tanto que a gente paga de tributos, além de relações trabalhistas que são instáveis. São todos desafios diários. A Conaje enfrentará todos esses temas sob a ótica do jovem empresário. Tudo isso para que a gente possa cumprir nosso propósito de fortalecer o ambiente empreendedor e também contribuir para o crescimento do país”, afirmou.

Por fim, o presidente da Confederação destacou o comprometimento dos diretores com o coletivo, por acreditarem no trabalho em conjunto. “São pessoas que, além de trabalharem pela Conaje, trabalham incansavelmente em suas cidades por um Brasil melhor. Tenho certeza que será para todos nós um período de crescimento pessoal, emocional e profissional. Nossa luta não pode ser isolada, precisa ser compartilhada com todos. E nós somos responsáveis pelo futuro do nosso país. Avante o Brasil que quer ser empreendedor, que quer modificar o ambiente do empreendedorismo e vida longa para a Conaje”, reforçou.

Construção
O presidente do Conselho Consultivo da Conaje, Fernando Milagre, desejou boa sorte à nova diretoria e sucesso na caminhada empreendedora, que, segundo ele, apesar de ser de muita responsabilidade, é extremamente gratificante e marcante nas nossas vidas. Milagre também tentou mostrar por que tudo isso faz sentido e por que dedicar tanto tempo com uma atividade voluntária. “Gosto muito da analogia de que somos todos parte de uma grande construção, que é a nossa sociedade. Construção essa feita por várias pedras e cada um de nós é uma delas. Precisamos fazer de tudo para nos tornarmos as melhores pedras possíveis para termos a melhor das construções. Não seremos o todo sozinhos, mas somos parte de algo muito maior do que nós mesmos e que depende de todas as individualidades harmonizadas. Juntos somos maiores do que a soma das nossas individualidades”, disse.

Ele reforçou que a responsabilidade e a dedicação de estar na diretoria da Conaje é simplesmente o entendimento que isto é maior que a pessoas e os problemas que existem. “Ao aceitarmos o desafio, prestamos conta a todos os jovens empreendedores do Brasil. A OIJ estima que somos 50 milhões de jovens no país e a Pesquisa GEM, de 2015, diz que um quarto destes são empreendedores. Neste caso, estamos falando de 12,5 milhões de jovens empreendedores brasileiros no nosso universo de atuação”.

Presidente do Conselho Consultivo da Conaje, Fernando Milagre

De acordo com o Milagre, a última gestão teve o grande desafio de passar pela maior crise que o país viveu nas últimas décadas. “O melhor é saber que, além de sobrevivermos, como fizeram a maioria das empresas brasileiras, nós continuamos crescendo. Na nossa rede, devemos fechar nos próximos meses com 26 estados filiados à Confederação, quase completando todos os estados da nossa Federação. Na nossa gestão interna, fizemos um planejamento estratégico integrado com os representantes dos nossos Estados e implementamos uma gestão baseada em indicadores estratégicos. Renovamos e modernizamos o Estatuto Social da entidade, melhorando cada vez mais a relação da Conaje com as nossas entidades. Renovação esta que foi feita com um grupo de trabalho com nossas entidades associadas”, afirmou, ressaltando outros resultados da entidade.

Ele acrescentou que todo o trabalho foi desenvolvido por uma equipe de 45 jovens empreendedores, voluntários, engajados, passando por toda a turbulência econômica e política do país. “Jovens que nunca se preocuparam com cargos, mas com os encargos que vieram com este desafio. O trabalho e os resultados de uma gestão podem ficar muito focado na figura simbólica do presidente, mas os verdadeiros responsáveis foram cada um dos diretores e conselheiros, que levam humildemente a entidade, cada um na sua área, cada um com suas atribuições, cada um com seu desafio diário”.

Posicionamentos
Presente à solenidade, o consultor da presidência da CNC, Roberto Nogueira, ressaltou a parceria entre as duas Confederações, tanto que a CNC sediou pela terceira vez a posse da nova diretoria da Conaje. Além disso, falou da importância do jovem empreendedor para estimular a economia do país. Já o presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), George Teixeira Pinheiro, destacou que hoje, os jovens estão em todas as atividades e a Conaje, por representá-los, exerce papel relevante no cenário econômico do país. “É uma entidade aberta à inovação. Por isso, quero cumprimentar a disposição de vocês, jovens, que abdicam de momentos da vida pessoal para atuar nesse projeto da Confederação. Mas assim como é importante a figura do jovem, deve haver a sintonia entre gerações na busca pela excelência”. Ele reforçou ainda a continuidade da parceria entre CACB e Conaje.

O secretário especial da Micro e Pequena Empresa do MDIC, José Ricardo Veiga, enfatizou a necessidade de estimular o diálogo e a gestão participativa entre entidades. “A Conaje tem representatividade nacional, então nada mais justo do que estimular essa proximidade. Já tínhamos projeto todo desenhado na gestão do Fernando Milagre e vamos continuar com a parceria. A conversa acontecerá no dia a dia, por isso estamos de portas abertas”.

Já o presidente do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Afif Domingos, traçou um histórico do surgimento dos movimentos de jovens empreendedores e empresários brasileiros, assim como o início do Feirão do Imposto, em Santa Catarina, que depois se tornou uma ação nacional e contribuiu para avanços na área de conscientização tributária, como a aprovação do imposto na nota fiscal. Ele citou ainda as mudança pelos quais passaram os jovens empresários ao longo das últimas décadas, com a introdução de novas tecnologias e ferramentas. “Apesar da oferta de inovações, a gente nota certa carência de vivência estratégica. Por isso, existe a relação de troca. Os mais velhos dependem dos jovens e vice-versa. O momento é de juntar os mais novos e os mais velhos para termos a voz da experiência e o ímpeto dos jovens. A Conaje deve exercer esse papel e pode contar com o apoio do Sebrae. Acreditamos muito na força desse trabalho”, destacou.

Perfis
Presidente
Guilherme Gonçalves é sócio do escritório Moraes & Gonçalves Advogados [OAB/SC 1.179 e API 2.066], com atuação em assessoria jurídica empresarial, propriedade intelectual e regularização fundiária; sócio da Chicken Way, empresa de alimentação baseada em frango; e sócio da G4 Empreendimentos Imobiliários. Atuou como diretor jurídico da Conaje no período de 2015/2017, foi 1º Vice-Presidente Executivo do Conselho Estadual do Jovem Empreendedor de Santa Catarina (Cejesc) na gestão 2013/2015, integrante da Comissão de Direito da Inovação, Propriedade Intelectual e Combate à Pirataria da OAB/SC (Gestão 2012/2015), conselheiro da Associação Empresarial de Tubarão-SC (ACIT), Conselheiro da Associação de Jovens Empreendedores de Tubarão-SC (AJET) e integrante do Rotary Club de Tubarão Leste.

Vice-presidente
Ananda Carvalho é graduada em Psicologia, com MBA Executivo em Empreendedorismo e Negócios Inovadores e mestranda em Ciências Empresariais na Universidade Fernando Pessoa, em Porto (Portugal). É proprietária da Training Consultoria e Treinamento sob medida, empresa que atua com desenvolvimento de metodologias, consultorias e treinamentos sob medida para outras empresas. Atualmente, exerce o cargo de secretária municipal de Trabalho, Emprego e Desenvolvimento em Manaus (AM) e é membro da comunidade mundial GLOBAL SHAPERS – Hub Manaus – diretamente ligada ao Fórum Econômico Mundial. Atuou também como diretora de Projetos, Planejamento e Gestão da Conaje (período de 2015/2017), foi fundadora da Associação de Jovens Empresários do Amazonas – AJE-AM (2013), mentora no Startup Weekend Manaus (2014 e 2015) e mentora no Coca Cola Boat Challenge Manaus (2015).

Nova diretoria
Erik Capodeferro – Diretor Institucional
Luciana Muzzi – Diretora Executiva
Camila Nobre Miranda – Diretora Jurídica
Leonardo Maximiano – Diretor de Comunicação
Lucas Cesa – Diretor de Integração
Camila Campos – Diretora de Eventos
Eduardo Zini – Diretor Administrativo Financeiro
Jaqueline Moucherek – Diretora de Conteúdo
Sati Fukunaga – Diretora de Projeto, Planejamento e Gestão
Marcelo Quelho – Diretor de Negócios
Anna Bastos – Diretora de Relações Internacionais

Conaje
Site: www.conaje.com.br
Facebook: Conaje
Instagram: Conajeoficial
Twitter: @conaje

Assessoria de Imprensa Conaje:
imprensa@conaje.com.br
Fernando Dantas – (62) 99227-2631